Repositório Institucional da UNISO
 

Relação entre o uso de cigarros eletrônicos e o câncer bucal: uma revisão de literatura

Projetos de Pesquisa

Unidades Organizacionais

Fascículo

Resumo / Abstract

Devido ao baixo custo e ao fácil acesso, o cigarro é a segunda droga mais consumida no Brasil. Com sua rápida evolução e aceitação dos usuários, os cigarros eletrônicos (CEs) facilmente atraíram o público jovem. Embora tenham sido criados com a proposta de serem menos prejudiciais à saúde em comparação com os cigarros convencionais, estudos relatam que o uso de CEs está associado ao aumento do risco de desenvolvimento de neoplasias, como câncer bucal. O presente estudo tem como objetivo relacionar o uso de cigarros eletrônicos com o desenvolvimento de lesões cancerosas na cavidade bucal, bem como compará-lo ao cigarro convencional, alertar seus usuários sobre seus malefícios e enfatizar a necessidade de mais estudos sobre seu uso a longo prazo. Através de uma pesquisa nas bases de dados do PubMed, Scielo e Biblioteca Virtual em Saúde, foram encontrados 47 trabalhos científicos no período entre 2003 e 2023. Pode-se concluir que, devido à falta de regulamentação, os cigarros eletrônicos apresentam substâncias tão maléficas quanto aos componentes presentes nos cigarros convencionais, podendo expor os usuários a um maior risco de desenvolver lesões cancerosas.


Citação